A terapia do espelho: observar a si próprio, antes de observar o outro.

A terapia do espelho é um método de avaliação, observação e uma forma de reorganização interior, de tal forma que você se permita observar a si próprio antes de observar o outro.

Na maioria das vezes estamos acostumados a observar primeiro o que está fora, o externo e avaliamos através dos sentidos físicos principais: visão, audição, olfato, paladar e tato.

Tudo ao nosso redor passa por este escaneamento, ou seja, são sensores cujas detecções são avaliadas pela mente; a mente, sempre a mente, o juiz.

Na proposta da terapia do espelho a sugestão é inverter esta via.

Sim, inverter a polaridade, e o que pode parecer “andar na contra-mão” pode ajudar a perceber que normalmente nós aprendemos e fomos criados para “andar na contra mão” e não nos damos conta disso, pois tentamos nos posicionar conforme observações externas.

Se conseguirmos, antes de observar e julgar o que parece estar fora e observar primeiro o que está dentro de nós, perceberemos que a causa e o efeito são controláveis por nós o tempo todo e não são um evento em que não temos participação direta ou controle.

Visto desta forma, você entenderá porque todos os setores de nossas vidas, digo: familiar, financeiro, afetivo, saúde, etc., são consequências de dentro de nós e não de fora.

Só há uma pessoa, um indivíduo em todo o universo que realmente pode equilibrar esses setores de forma satisfatória e necessária ao seu grau de evolução:” você mesmo”.

Se compreender que sucessos, fracassos, saúde, doença, fartura, miséria, amor, ódio, enfim, todas as realizações positivas e negativas que nos atingem são causadas por nós mesmos, então poderemos equilibrar nossa vida satisfatoriamente.

Essa é a terapia do espelho, olhar para si mesmo, sentir a si mesmo, ouvir a si mesmo, tocar a si mesmo, cheirar a si mesmo, suas emoções, sentimentos, sem julgamentos, mas observando como se faz com outra pessoa, e então, modificar conscientemente aquilo que não está em sintonia positiva para sua vida.

Entender que é a partir de você, e não o contrário, que se cria a sua realidade!

Faça como se você fosse o autor e diretor de um filme, novela ou livro, alterando capítulos, cenas, roteiros, elenco, figurinos, duração dos episódios etc.

Não se iluda delegando a outros o seu poder, é sua vida, é o seu filme, você escolheu o elenco e os eventos e pode continuar escolhendo e alterando para melhorar o seu aprendizado nesta experiência humana e com sabedoria, sabedoria que vem de dentro, que vem de você.

Esteja consciente de que o mais importante é a imagem que você tem de si mesmo, do seu espelho, a imagem do outro caberá ao outro.

Dessa forma você adquire segurança e independência para ser e viver sua vida, seu mundo, suas realizações, como você assim desejar, e estará contribuindo também para ajudar outros a encontrarem seu próprio caminho.

Antes de observar a outros e ao mundo que o cerca, experimente observar-se. Como em frente a um espelho você penteia os cabelos, faz barba, maquia-se, escova os dentes e modifica, transforma sua aparência física, transforme e modifique padrões de pensamentos, emoções, sentimentos.

Alterar-se positivamente penteando emoções, barbeando sentimentos, escovando pensamentos. Você se transformará a partir de si mesmo e então continue observando o mundo, as pessoas e os eventos e verá a transformação que você pode causar na sua vida e ao seu redor.

Então, palavras e ações seguirão essa linha de atuação pois elas são efeitos materializados de pensamentos, sentimentos e emoções.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: Septian simon on Unsplash

https://osegredo.com.br/2017/11/terapia-do-espelho-observar-si-proprio-antes-de-observar-o-outro/

Deixe uma resposta